Keratec, conheça o revestimento cerâmico técnico extrudado da Portceramic

13 de julho de 2018 • Por: Portceramic Brasil

Nós falamos aqui em posts anteriores sobre o porcelanato técnico extrudado ou também conhecido como revestimento cerâmico extrudado. Hoje, a ideia é aprofundar um pouco o assunto a respeito de um material específico: o Keratec. Desenvolvido para atender as necessidades de estruturas que precisam de resistência em função do alto tráfego de pessoas e máquinas, além de oferecer segurança e até a garantia de higiene exigida por determinados órgãos regulamentadores de alguns segmentos, o produto vem ganhando espaço no mercado nacional.

O Keratec é fabricados em uma moderna e inovadora unidade cerâmica portuguesa com foco em pavimentos e revestimentos em porcelanato extrudado. Todo o processo, desde a escolha da matéria-prima até a entrega do produto, é feito de forma criteriosa e pensando em obter os melhores resultados possíveis.

Como explicamos anteriormente, o porcelanato técnico extrudado até possui uma aparência similar a dos pisos comuns disponíveis no mercado de varejo e normalmente empregado em construções residenciais. Mas a principal diferença está no método especial de fabricação de ambos. No caso do Keratec, as características do produto começam a partir da matéria-prima que dá origem a ele, comprovadamente de extrema qualidade.

 

Menor porosidade, maior resistência

A sua fabricação também se dá de uma maneira diferenciada. O Keratec é confeccionado a partir de material submetido a moagem por um sistema chamado de “reduzida granulometria”. De forma simples, significa que os grãos resultantes desse processo ficam em tamanho mínimo. O que isso representa de vantagem? Vamos lá.

Quanto menor o tamanho dessas partículas, maior será a reatividade entre elas, formando uma massa mais densa. Desta forma, a porosidade final do material cerâmico também será menor. Quando submetido ao processo de extrusão, essa massa se torna compacta. Vale lembrar que o processo de extrusão se dá com esse material sendo forçado por uma passagem (orifício).

O primeiro resultado positivo se reflete na resistência do Keratec. Com menor porosidade, resultado da reduzida granulometria e da posterior extrusão, o produto final é uma massa muito mais homogênea que a dos pisos comuns. Isso significa que o porcelanato técnico extrudado ou revestimento técnico extrudado possui uma capacidade muito maior de suportar grandes cargas, seja de estruturas fixas, de fluxo de pessoas ou mesmo da passagem de máquinas.

 

Impermeabilidade ajuda a combater a propagação de germes

A porosidade mínima também confere ao Keratec a capacidade de ser praticamente impermeável. Assim sendo, diferente dos pisos comuns disponíveis no mercado, ele tem a característica de ser germicida e antibacteriano. Isso porque sem o acúmulo de água e presença de umidade, não há ambiente propício para a proliferação de germes e bactérias. Isso tem feito dele o piso técnico ideal para ambientes como laticínios, câmaras frigoríficas e laboratórios, por exemplo.

 

Seguro para andar, fácil para limpar

O Keratec também é indicado para segmentos que precisam de segurança para o trânsito de pessoas. A maneira como é fabricado permite que seja antiderrapante e, ao mesmo tempo, fácil de limpar. Parece difícil unir essas duas características, ainda mais quando se tem como referência os pisos comuns.

 

Sem manchas e com aspecto de novo por mais tempo

O fato de ser impermeável também atribui ao Keratec uma outra característica importante para segmentos que estão sujeitos ao derramamento de líquidos, especialmente os abrasivos. O porcelanato técnico extrudado ou revestimento cerâmico extrudado da Portceramic possui alta resistência a esse tipo de incidente. Como não absorve o material, ele não mancha e mantém por muito mais tempo o aspecto de novo.

 

Peças uniformes e menor custo no assentamento

O Keratec também desperta a atenção quando se leva em consideração o custo-benefício que oferece. A fabricação por extrusão em processo plano faz com que as peças sejam simétricas, ou seja, não dá diferença de tamanho entre elas. No caso específico, são unidades de 40 cm x 40 cm ou de 30 cm x 30 cm. Essa característica do produto influencia diretamente na hora da instalação. Com faces idênticas, as peças podem ser assentadas muito mais próximas umas das outras do que no caso de pisos comuns. Com isso, o consumo de rejunte também é muito menor.

Também conta em favor do Keratec que o processo de extrusão plana permite ainda a fabricação de peças com cantos abaulados, que impedem, por exemplo, que sujeira fique incrustada como ocorre com cantos comuns.

 

Keratec é indicado para diversos segmentos

As funcionalidades do Keratec, como mostramos, o indicam para diversos segmentos. Aqui separamos alguns deles:

  • Indústrias em Geral,
  • Laticínios,
  • Frigoríficos,
  • Cervejarias,
  • Engarrafadoras,
  • Galvanoplastias,
  • Laboratórios,
  • Siderúrgicas,
  • Cozinhas Industriais,
  • Refeitórios,
  • Agências de Automóveis,
  • Escolas,
  • Supermercados,
  • Câmaras Frigoríficas,
  • Restaurantes,
  • Shoppings Centers,
  • Refinarias,
  • Indústrias Químicas.

Agora que você conhece mais sobre o Keratec, que tal aplicá-lo em sua empresa? Uma solução inovadora que oferece segurança, durabilidade e economia para sua obra.

 

Keratec