Conheça 4 tipos de resistência do Keratec

16 de outubro de 2019 • Por: Portceramic Brasil

Sabia que o KERATEC tem 4 tipos de resistência?

Ele é um produto pioneiro no mercado brasileiro de revestimentos cerâmicos, pois é o único porcelanato técnico extrudado na atualidade. 

É considerado um revestimento “técnico” por entregar características de alta performance, que garantem maior vida útil ao produto. Devido a esses diferenciais, o KERATEC é muito indicado a comércios e indústrias, que necessitam de um piso durável.

Convidamos você a conhecer quatro resistências, certificadas por laudos técnicos, que tornam o KERATEC uma excelente opção de compra.

O produto tem resistência a:

 

  • Ataque químico

O primeiro atributo diz respeito à resistência ao ataque químico, ou seja, a capacidade da superfície cerâmica em manter-se inalterada em contato com determinadas substâncias. Nosso produto foi testado, provando-se resistente a ataques de ácidos e álcalis, tanto de baixa quanto de alta concentração.

Leia também: Surpreenda-se com a limpabilidade do KERATEC

  • Abrasão

Esta é uma importante especificação no segmento cerâmico. Enquanto muitos revestimentos suportam um pequeno fluxo de pessoas, o KERATEC é preparado para suportar o intenso tráfego de indústrias.

O índice exigido pelas normas ISO 13006 e NBR 13818 é igual ou menor a 275 mm³. Nosso produto, por sua vez, apresenta o índice de 129 mm³, estando em conformidade para resistência à abrasão profunda.

  • Flexão

Neste tópico foi analisada a “carga de ruptura” do produto, ou seja, sua resistência quando submetido a uma força aplicada linearmente em sua região central. Com isso, descobrimos a resistência à flexão, que é a capacidade do revestimento em suportar o peso de pessoas, objetos, equipamentos e outros sem que haja rupturas ou quebras.

O KERATEC mostrou-se em conformidade com a norma ISO 13006, que exige um índice igual ou maior que 28 MPa para “resistência à flexão média”, e também com a norma NBR 13818, que exige um índice igual ou maior que 23 MPa, atingindo 47 MPa. No módulo “resistência à flexão individual mínimo”, as normas exigem um índice igual ou maior que 21 MPa e 18 MPa respectivamente. O KERATEC apresenta conformidade, atingindo 41 MPa.

  • Impactos

Esta especificação diz respeito à capacidade do revestimento cerâmico em manter-se inalterado após um choque inesperado de algum objeto.

A resistência ao impacto é uma propriedade necessária tanto nos locais onde circulam cargas pesadas, como as indústrias, quanto em locais que sofrem constantemente com a queda de objetos, como as cozinhas comerciais. O KERATEC apresenta conformidade com as normas já citadas, apresentando um coeficiente de restituição na média de 0,77 Kr.

Todos os ensaios e laudos aqui citados estão à disposição para download e consulta em nosso site.

Ficou interessado em conhecer melhor nosso produto? Marque uma reunião com nossa equipe comercial hoje mesmo!